Corporais

Drenagem
pós-operatória

logo

A drenagem realizada após um procedimento cirúrgico auxilia a eliminar o excesso de líquidos e toxinas do organismo por meio do sistema linfático.
Isso é importante porque o ato cirúrgico causa lesões ao corpo, como a destruição de vasos e nervos. Há, ainda, a dispersão de líquidos do interior das células para a camada abaixo da pele. Essa ação promove hematomas, edemas, dor e diminuição da sensibilidade cutânea.
Quando iniciar, normalmente três dias após a cirurgia (pós-operatório recente), e quantas sessões de drenagem devem ser realizadas (geralmente dez) são indicadas por escrito pelo médico-cirurgião.

INDICAÇÕES:
- Diminuir edemas e dissolver nódulos residuais (fibroses).
- Favorecer maior oxigenação dos tecidos, estimulando a produção de colágeno, acelerando, dessa forma, a cicatrização dos pontos.
- Relaxar o(a) cliente aliviando as dores, visto que, muitas vezes, é necessário que o(a) paciente repouse em uma única posição no pós-operatório, e isso leva a contraturas musculares dolorosas.
- Auxiliar no estresse e ansiedade característicos do período pós-cirúrgico.



VOLTAR